Leia Mais


Autoridade sobre os Demônios


Quebra gelo: receba as crianças com alegria. Apresente as que estão vindo pela primeira vez. Leve-as a se sentirem à vontade.

Exaltação: Cante um cântico com as crianças e leia Marcos 16. 16- 18. Ore com as crianças para que Jesus se faça presente na reunião e dê crescimento a cada um.

Edificação: Autoridade sobre os Demônios. Mc. 1. 21-34

Já falamos a respeito de uma situação em que Jesus expulsou um espírito mau e quando olhamos para o ministério de Jesus vemos inúmeros momentos em que Jesus se encontra com pessoas que tem problemas espirituais.

Quem não se lembra de quando Jesus tinha doze anos e ficou no templo em Jerusalém depois da festa da páscoa conversando com os doutores da lei e ‘escribas’? Jesus tinha o costume de buscar a presença do pai celestial. Uma vez por ano ele ia a Jerusalém, mas todo final de semana ele participava do culto na sinagoga. É como hoje nós podemos participar da célula e do culto. Na medida em que Jesus foi crescendo ele começou a ganhar oportunidade de ler e explicar a Bíblia nessas reuniões na sinagoga.

Numa dessas reuniões Jesus estava na sinagoga da cidade de Cafarnaum ensinando e as pessoas reunidas ali se admiravam pelo fato de Jesus ensinar com autoridade dele próprio, diferente dos doutores da lei. Então chegou ali um homem dominado por um espírito mau. O homem gritou para Jesus dizendo: “o que quer de nós, Jesus de Nazaré? Você veio para nos destruir? Sei muito bem que é você: é o santo que Deus enviou!” Jesus não deu muita conversa, mas mandou ao espírito mau: “cale a boca e saia desse homem”. Aí o espírito sacudiu o homem com violência e com um grito saiu dele sem o machucar.

As pessoas do tempo de Jesus ficaram admiradas com esses acontecimentos. Elas não eram acostumadas a verem pessoas sendo libertas dos demônios. Agora eu te pergunto: isso era novidade para as pessoas porque antes de Jesus ninguém tinha problemas? O que você acha? Logicamente já tinha pessoas que sofriam com os problemas que esses demônios provocavam na vida das pessoas. É que aqueles doutores não tinham autoridade pra mandar os demônios embora. Qual a diferença entre esses doutores e Jesus? É que Jesus era obediente a Deus e ele tinha fé e assim ele sabia que tinha autoridade. Os espíritos maus continuam existindo e é tarefa nossa continuar expulsando eles da vida das pessoas. É isso que Jesus diz em Marcos 16. 17 “Aos que crerem será dado o poder de fazer estes milagres: expulsar demônios pelo poder do meu nome...” Você está pronto para isso?

A fama de Jesus foi se espalhando por toda a região da Galiléia. Naquele mesmo dia, depois de saírem da sinagoga Ele foi com alguns discípulos até a casa de Simão Pedro. Ali encontraram a sogra de Pedro na cama com febre. Jesus ajudou-a a se levantar e a febre foi embora. Esses fatos se espalharam pela cidade e à tarde depois do pôr do sol as pessoas da cidade trouxeram as pessoas doentes pra Jesus e também as que tinham problema de espíritos maus. Assim Jesus curou muitos doentes e libertou muitas pessoas que tinham demônios. Jesus é o nosso modelo e ele quer que façamos no nosso tempo o que ele fez quando esteve aqui na terra. Você está pronto? O começo de tudo é você convidar Jesus pra ser teu salvador. Vamos começar agora?

Evangelismo: Primeiro convide as crianças a orar pelos problemas de algumas pessoas (adulto ou criança) especialmente doenças. Depois desafie as crianças a convidarem durante a semana uma criança que tem problemas para que venha na célula.



Pastor Delmar Jorge Bruisma e Pastora Eliana Pedralli Bruisma